Apresentação

Bem vindo ao meu blog.Aqui serão lidos meus pensamentos e sentimentos decodificados em palavras, então, será um blog íntimo e profundo! A todos uma boa viagem por dentro de meu ser!

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011


Não sei qual música etérica
Poderia ser manifestada
Para quando me transformo em árvore
Quando suas raízes cobrem meu corpo
acariciando a minha sensível pele
Naquele instante eclipsado
Sou uma salamandra inquieta
Uma ondina sobre o seu orvalho
Manhã de sol invadido suas grades e seus jardins
Você devora meu fruto e se transforma em pássaro

Vem me regar mãe
Vem me regar
Vem me regar mãe, êa
Vem me regar

Todo santo dia
Pois todo dia é santo
E eu sou
Uma árvore bonita
Que precisa ter seus cuidados

Me regar mãe
Vem me regar
Vem me regar mãe, êa
Vem me regar

E ando sobre a terra
E vivo sob o sol
E as, e as minhas raízes
Eu balanço
Eu balanço
Eu balanço

Me regar mãe
Vem me regar
Vem me regar mãe, êa
Vem me regar
(Edson Gomes)
"As vezes podemos escolher o caminho que seguimos. As vezes nossas escolhas sao feitas por nos. E as vezes nos nao temos escolha nenhuma ..."(Neil Gaiman)
De todas as maneiras
Que há de amar
Nós já nos amamos
Com todas as palavras feitas pra sangrar
Já nos cortamos
Agora já passa da hora
Tá lindo lá fora
Larga a minha mão
Solta as unhas do meu coração
Que ele está apressado
E desanda a bater desvairado
Quando entra o verão
Chico Buarque
"A alegria e a tristeza são duas prisões; uma de ouro e outra de ferro, mas feitas igualmente para nos prender e impedir de seguir a nossa verdadeira natureza."(Swami Vivekananda)