Apresentação

Bem vindo ao meu blog.Aqui serão lidos meus pensamentos e sentimentos decodificados em palavras, então, será um blog íntimo e profundo! A todos uma boa viagem por dentro de meu ser!

quarta-feira, 2 de maio de 2012

Oi amigos...
Estou ausente, eu sei
Mas agora voltei
Uma vontade de escrever me tomou e agora começo a dissertar as minhas linhas...
Quando a minha alma se cansa de tudo, as letras e o diálogo silencioso do meu blog com vocês
Retorna o fôlego, para viver em um mundo onde nao tenho mais esperança!
Então...Agora começo.
Sim...Tornei-me cética, amarga???!!! Amarga não sei, mas a dor pulgente em meu peito
não me estimula a dizer que a vida é doce!
A vida é bela? So se for no título do filme do oscar.
Como boa budista a vida para mim é um inifinito oceano de sofrimento
Cerca de pessoas bestiais, que vivem por seus instintos, isolo-me cada vez mais diante
da visão de um mundo estúpido e extremamente violento e egoísta.
Até para orações somos egoístas, querendo o confortável, o momento especialmente confortável
para elevar as mentes aos céus e suplicar, sim, porque so fazemos isso suplicar!
Fazemos de Deus nosso mordomo e esquecemos de lutar por nossas melhoriais individuais.

Vejo o mundo das redes sociais, das imagens e das pessoas em um fotoshop de suas próprias vidas,
mascarando, escondendo, invertando, negando as suas próprias imperfeições!
Não me identifico mais com nada...O vazio do vazio me toma no absoluto de uma incredulidade ácida!
Tenho vontade  de morrer bilhões de vezes, uma morte só não seria suficiente para escapar desse mundo
ridículo e artificial.
Depois dos 40 anos você se permite a ser tudo e dizer sempre...
Vai enjoando da hipocrisia, da vergonha, de tanto nojo que tudo ocasiona.
Eu estou em um momento de ânsia, ânsia de vômito de asco de tudo isso, um pouco Augusto dos Anjos misturada com Fernando Pessoa.
Ou eu termino sucida, ou louca como Nietsche ou viro uma socieopata e saio atirando pra todos os lados
Quero sorrir...Sorrir da miséria que se tornou a raça humana, sem valores morais, espirituais e humanos
sorri de mim mesma por pertencer a esse espetáculo de horrores. Sorri para não chorar, porque as
lágrimas nao me farão suplantar esse caos.
Algum raio de sol depois das nuvens???
Depois dessa tempestade, nao haverá como melhorar, a tendência é um furacão avassalador destruir o resto que ficou dos nossos restos.
Seria ótimo se a raça humana fosse exterminada esse ano...Seria maravilhoso que os maias tivessem razão.
Nada é real nesse mundo de ilusões...É tão difícil entender isso? Tudo é substancialmente inexistente...
Tão frágil tudo tão frágil....
Melhor dormir e parar de olhar esse circo lá fora...
Vou ficar aqui, dentro de mim, em meu silêncio feliz!