Apresentação

Bem vindo ao meu blog.Aqui serão lidos meus pensamentos e sentimentos decodificados em palavras, então, será um blog íntimo e profundo! A todos uma boa viagem por dentro de meu ser!

terça-feira, 6 de abril de 2010

Kevin Richardson: O encantador de leões



Kevin Richardson é um sul africano fisiologista, dono de uma reserva natural, onde se apaixonou pelos felinos. Deixou de cuidar dos pacientes pre e pós operatórios para se dedicar a sua verdadeira paixão que é interagir-se com os animais. Começou criando um leão pequeno e hoje ele consegue se comunicar com eles através da sua sensibilidade e dos seus instintos como ele mesmo descreve em algumas reportagens, em uma delas que saio no Fantástico (TV Globo) ele disse que compreende o perigo que está passando, mas se fosse para morrer sendo comido pelos leões ele voltaria e faria tudo novamente. Ele se entrega a esse amor, usa a sua natureza primária e os animais, carnívoros capazes de devorar grandes animais que se entregam aos seus carinhos como verdadeiros gatinhos. Em uma das cenas, a leoa confia tanto em Kevin, que entra no rio, todos sabem que eles, os felinos, odeia água, mas ela vai, porque kevin chama e está lá.Ele toca nos filhos da leoa parida e se joga entre os leões como se fossem cães domésticos...É uma linda relação de amor e de entrega O que me fez refletir, que até o animais mais ferozes se entregam ao amor, e o homem, com toda a consciência e capacidade de transcendência mata seu semelhante e não consegue respeitá-lo, amá-lo, ser solidário. A raça humana é o que de pior existe nesse planeta, é que degrada e destrói de maneira violenta e bestial. Enquanto kevin ama, os homens se odeiam. Ele é um exemplo, uma pessoa fantástica e mágica. Kevin é ativista e trabalhar na preservação e conservação desses animais, estudando seu comportamento e se interagindo em uma nítida relação de respeito e amor.

Ego e apreciação

Para alguns o ego é expressão natural da personalidade,
para outros é o inimigo oculto do ser humano.
As três principais formas do ego atuar são:
(1) aceitação intrínseca de qualquer forma de elogio e criação de um padrão de pensar de acordo com o elogio;
(2) admiração demasiada ao eu devido à talentos e posses adquiridas;
(3) expectativa imediata de retorno das ações realizadas.
As três grandes dicas para acabar com o ego são:
(1) nunca identificar o eu com as qualidades adquiridas (título, cargo, status) e posses materiais;
(2) apreciar as qualidades dos outros tanto quanto suas próprias qualidades;
(3) respeitar todos, considerar que cada pessoa é presenteada com um ou outro valor.
(BK Sangeeta, The enemy in disguise - Ego, The World Renewal, October, 2001)