Apresentação

Bem vindo ao meu blog.Aqui serão lidos meus pensamentos e sentimentos decodificados em palavras, então, será um blog íntimo e profundo! A todos uma boa viagem por dentro de meu ser!

sexta-feira, 16 de julho de 2010


Poesia Azul

Somente o meu poeta sabe os meus segredos
e para confortar minh’alma escreve estrelas,
mas no meu peito estrelas são sonhos e telas
que escondem precipícios, dunas e rochedos.

Do malte das palavras sugo os meus brinquedos:
versos de céu, de mar, de beijo à luz de velas.
Mas quando a solidão apita, volto às celas
escuras, onde guardo as lágrimas e os medos.

E sigo a perseguir um tempo que não volta,
pingado de saudade, luas e pianos,
até que o vento apague a dor que vive à solta

nos campos de ilusões, canções e desenganos...
Caminho pelos prados das paixões revoltas,
sonhando co’a poesia azul dos oceanos.

Nathan de Castro

Sem comentários:

Enviar um comentário