Apresentação

Bem vindo ao meu blog.Aqui serão lidos meus pensamentos e sentimentos decodificados em palavras, então, será um blog íntimo e profundo! A todos uma boa viagem por dentro de meu ser!

domingo, 23 de maio de 2010


A minha solidão é muito barulhenta e muito conselheira!
Tem horas que ela grita em meu ouvido e tem horas que ela arasta um monte de vozes do passado e do presente e fica rondando em minha mente.Ela coloca holofotes em meus defeitos e em minhas fraquezas e também mostra pra mim partes do meu eu que nao conheço! A minha solidão e amiga e fala comigo quando eu cometo um deslize...Tenho cometido alguns, é difícil ser bom, pelo menos tentar ser bom...O mundo não é nada amigável com os bons, esses sofrem sanções...!
Não tenho medo mais da caminhada, sei que é árdua e de alguma maneira me preparei para essa batalha, não tenho todas as armas que algumas pessoas tem, e ainda fico querendo doar algumas para os soldados caídos no chão!
Não gosto de ver ninguém caído.A minha solidão me ensinou a não chorar, e observar todas as dores como partes de mim mesma! Eu aprendi a enfrentar a dor e o sofrimento de uma maneira que eu jamais imaginei.
Eu gosto de ficar me observando, tenho conseguido vários momentos em que posso me observar e procurar entender melhor as minhas mentiras e verdades, em meu silêncio me conheço cada dia mais! Sei que tenho o poder incontrolável, ainda não aprendi como expulsá-lo de dentro dos meus traumas.Não aprenderei isso com nenhum psicólogo ou psiquiatra, eles não poderiam entender meu coração, que é a minha mente, minha mente está em meu coração, pulsam juntos, vibram juntos!
A vida é curta, muito curta...Em breve farei 40 anos, e estou aqui, superando as feridas, superando os obstáculos, estou aqui na luta! Meu pai me ensinou a ser guerreira, e minha mãe a nunca dessisti da batalha...Não posso dessisti de nada, mesmo que esse nada seja nada realmente, nem mesmo do vazio nao posso dessisti porque é o único que tenho! Dessisti disso seria dessisti de mim mesma, se eu for um nada, assim será, mas não dessistirei!
Tive muitos sonhos de uma jovem romântica, hoje apenas sonho em sobreviver as adversidades!
O amor é ainda meu lema, mas eu amo de uma maneira mais singular, menos padronizada...Porque eu aprendi a libertar meus focos de amor e a me libertar dos meus próprios sentimentos!
Vou apenas caminhando, esperando que quando chegar o final, o final da vida, quando o pai me convocar eu tenha melhorado como ser humano e aprendido coisas nessa trilha árdua, se não não valeu a pena de nada tantos conhecimentos!
Eu ando comigo mesma...Sou a minha melhor amante! Não espero mais nada das pessoas e tenho cobrado de mim mesma...Eu sou a minha própria disciplina!
Que todos os deuses, Budhas e mestres continuem me guiando nessa estrada...Vamos caminhado...
Boa noite e bom dia a todos os seres do planeta terra.

Sem comentários:

Enviar um comentário