Apresentação

Bem vindo ao meu blog.Aqui serão lidos meus pensamentos e sentimentos decodificados em palavras, então, será um blog íntimo e profundo! A todos uma boa viagem por dentro de meu ser!

quarta-feira, 15 de setembro de 2010


Para ser digna
Merecer seu amor
Eu teria que ter outros cabelos
Ter quinze anos menos,
usar roupa surrada e não pintar as unhas de vermelho
Eu teria que ser virgem talvez, ser casta,santa,
Porque aos seus olhos eu sou devassa
E me visto de uma maneira burguesa
Porque aos seus olhos vendi minha alma ao pecado
sou feita do acaso
Sou o próprio diabo em uma gênese católica
E a minha religião é pagã
Eu sou para você de barro
Eu sou uma mulher sem chão
Sou mentira, sou vã
Tudo por que não sou passiva
E o apogeu da minha altivez é a minha verdade
E eu que enchi minha alma de rosas
e perfumei meus cabelos com os seus árduos desejos
Cubri meus seios com um amor sem freios
Com seus delírios telúricos eclipsados
E abri as asas para abrigar seus medos
Usei meu sexo para sanar sua dor
Sua morbidez triste e sua hipocrisia ácida
e abracei seu corpo para protege-lo dos ventos
Das forças exaltadas nas suas subterrâneas vontades
Hoje me atirastes a pedra
Porque eu tiro os véus dos teus tormentos
e te acorrentei em meu leito cálido
que acalentou sua loucura e a sua solidão!
O vermelho do meu sangue
escorreu por entre seus lábios
E nas noites embalado pelo cansaço
dormistes em meu erro, nos meus soluços
Na maturidade da minha fé
Na plenitude do meu ser mulher
No meu viver que tantas negas e desejas

Salvador,14 de setembro de 2010
Ansyse Ladeia

Sem comentários:

Enviar um comentário