Apresentação

Bem vindo ao meu blog.Aqui serão lidos meus pensamentos e sentimentos decodificados em palavras, então, será um blog íntimo e profundo! A todos uma boa viagem por dentro de meu ser!

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

MONÓLOGO DE UM DELÍRIO DA MULHER QUE OBSERVA E SENTE


(a mulher e o pássaro; òleo sobre tela; Ansyse Ladeia)
Nº1- Fizemos amor e dormi em seus braços,sonhei com você toda a noite! Não pode ficar sem mim até mesmo enquanto dormimos?Invadindo meu astral... Tenho sensação que queres que eu seja sua,mas sua propriedade...Deixe-me apenas ser, para saber se podemos ser juntos!Eu ainda não sei meu amor, eu estou vagando pela vida.
N°2- Ah, mas a mente divaga como borboletas no início da primavera, e os pólens das flores gotejando no seio da vida...Eu também sinto saudades meu herói urbano, mas conheço seus desejos, suas manias, sua preguiça e sua vontade...Aliás, a única coisa que realmente lhe estimula são as minhas coxas e o canto preso na garganta!Alguma dia você liberará toda a sua alma e voará muito alto!
Nº3- Hoje eu queria estar ao seu lado,uma curiosidade quente... Fazer algo muito excitante, nada que me comovesse! Queria aventurar em sua geografia nunca deslizada e mergulhar em sua mente ainda adormecida, também queria sentir o peso dos seus lábios sobre meu ventre, meus seios, meu sexo no entardecer, na hora que o sol se despede para com o astro-rei desmaiar de prazer.Sei que isso seria verdade! Você tem cheiro de força e de mistério!Delícia suave de liberdade!Quero saber...
nº4-Tenho vontade de dizer a você que a vida é mais que uma emília de cabelos loiros!
Mas o amor é tão cego e tão divergente! Quem sou eu meu querido para lhe aconselhar, quando na verdade eu vivo na minha própria incongruência cigana?!Você me parece mais que um desejo, uma tarde de verão cheia de sorrisos, compartilharia minha vida ao seu lado, com seu doce olhar menino e seus abraços, e a sua luz! Meu querido, seja você mesmo a sua maior aventura e descobrirá que podes alcançar o infinito!
nº5- Ahhhh, porque se escondes desse desejo? Fale comigo, chegue bem perto do meu ouvido, me acolhe em seus braços e me de uma proteção, depois sussurre bem baixinho
que tens um amor hermético por essa mulher que lhe dirige e que te admira, não fujas
do meu carinho, como sempre fugiu...Tenho tanto afeto, mas nem todos os homens,
entenderam as minhas noites, nem meus pedidos!Ah "amigo", posso ler em seus olhos, a sua explosão de desejo, se me tocar eu te acolho em meu leito de rosas e de fogo!
Eu sei que você tem medo do fogo...Então, me de água, e mata a minha sede.

2 comentários:

  1. Passando por aqui pra deixar um "olá".
    Gostei muito desse monólogo de mulher carregado de sentimentos. Sentimentos... de MULHER, a grande iniciadora do homem. Bjs

    ResponderEliminar
  2. oi querida.. grande beijo ... linda mulher..

    ResponderEliminar